Hmpf..!

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

As aulas recomeçam segunda. Sinceramente? Não tou com um pingo de vontade de voltar pra Curitiba. Não mesmo. Queria ficar aqui na minha casa, dormindo, fazendo almoço todo dia, lavando a louça, e passar as tardes em casa fazendo coisas sem importância ou utilidade alguma.

Hoje eu tomei vacina, uma tal de "dupla" contra tétano e difteria. Tétano você pega quando pisa num prego enferrujado que tava no quintal da sua casa, e difteria... bom, joga no Google. Essa vacina deve ser tomada a cada dez anos. Ou seja: você muito provavelmente tem que tomar - haha. Assim como a de febre amarela que eu vou tomar no fim do ano.
Se sua mãe for boazinha como a minha você vai ganhar uma barra de chocolate por tomar a vacina direitinho :D (ai que mimo ^^)

Eu tinha feito um Twitter. Aí, fato nunca ocorrido antes: esqueci a senha. Cliquei lá no link e me mandaram um email com outro link pra eu clicar. Sei lá eu que rolo que deu, que agora meu twitter é outro, simplesmente criaram um outro. E eu queria excluir o velho então, mas não dá né... paciência. Vê lá se quiser: twitter.com/barbararazaboni. Seja como for, você não tá perdendo nada não me seguindo. Ainda não descobri como se usa aquilo, e confesso não tenho me dedicado muito tentando entender. Mãããs daqui pra frente vou colocar lá what I'm doing now, capisce? O legal do Twitter, é que lá o Rafinha Bastos é o Rafinha Bastos mesmo, assim como o Marcelo Tas, o Danilo Gentili, o Gianecchini (suspiro), enfim... nem todos são fakes como no Orkut. É legal essa proximidade com pessoas tão impossíveis :)

Ah! Viciei no programa do Jô nessas férias prolongadas também.
...
Err.. bye ***

Devorando...

sábado, 15 de agosto de 2009


...livros!

Nas férias normais li Eclipse, o 3º livro da série Crepúsculo, da Stephenie Meyer. Mas nunca li tanto na minha vida (eu acho) quanto nessas férias suínas. Li Amanhecer (o 4º) e Sol da Meia Noite, que é a mesma história de Crepúsculo contada de outro ponto de vista. Mas ele tá pela metade porque aconteceu um rolo lá: parece que a Stephenie sempre mandava os originais pra um grande 'amigo' ler e dar a opinião dele e tal, e o cara publicou na internet e ela ficou brava e magoada e essa coisa toda e parou de escrever o livro e disse que só vai voltar quando se recuperar do trauma (ha! sem vírgulas!). Exagero dela, na minha opinião. Crepúsculo pode parecer uma coisa meio infantil, pra quem só ouve falar por aí, e é o que eu pensava também. Mas é apaixonante! Agora que acabei estou com saudade dos personagens... E aguardando ansiosamente os filmes.

Ler livro no computador é quase tão legal quanto ler livro de verdade. De todos que li até agora só o Eclipse era de verdade. Assim que acabei Sol da Meia Noite, comecei O Caçador de Pipas. Não lembro quem me disse que não tinha como ler sem chorar. É realmente linda a história, mas não chorei não. Aliás, a única coisa do tipo que já me fez chorar foi o final do filme Pearl Harbor quando o rapaz morre lá...

Agora acho que vou começar Cidade do Sol, que é do mesmo autor de O Caçador de Pipas, o tal do Khaled Hosseini. Agora à noite baixei também mais um monte deles, que não terei tempo de ler antes do início das aulas, óbvio. Foram Marley e Eu, O Monge e o Executivo (por impulso), A Cabana, O Vendedor de Sonhos e finalmente A Menina que Roubava Livros que tá demorando pra caramba pra baixar (droga!).

E por falar em início das aulas, que foi prorrogado umas 3 vezes já, acho que agora não passa do dia 24 mesmo.
Pois é... é isso então.
Os blogs tão meio parados por aí, acho que o povo tá meio ocupado...
O meu tava parado por falta de novidade, e por excesso de leitura também :)

Entón, adios. *

Dedicado à minha mãe, viciada no blog :D

Up(a) Up(a)!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

No dia seguinte à postagem abaixo, eu fui pra faculdade pretendendo almoçar e, em seguida, ir pra aula de álgebra. Assim que eu entrei no departamento de química encontreio o Kahlil e a Estrela (^^). Me disseram que as aulas teriam sido suspensas a partir daquela manhã, e que eu tinha perdido meu tempo indo lá. Assim que chegamos na fila do RU liguei pro pai, dizendo que eu teria dez dias de completa ociosidade e que não queria ficar naquela cidade dando 'oi' pros H1N1 voadores. Assim que consegui falar com minha mãe, as primeiras palavras dela foram: vem pra cá!

Resultado, estou aqui em Borrócity novamente, e não mais até dia 09. Até dia 16! E é tão bom!!!
Tem o lado ruim disso também, mas ah... talvez aula no Natal não seja tão ruim assim (hahaha - meu senso de humor já foi melhor).
Não sei o que acontece, mas quando estou em casa, me dá uma falta de motivação gigantesca (leia "preguiça") pra ficar entrando em internet e postando no blog.
Então... ontem fui pro sítio. Muito antigamente (como estou velha, Senhor!) esse era meu programinha de domingo à tarde. Mãããããs... agora já fazia 2 anos ou mais até que eu não dava as caras por lá. Tsc tsc, muito feio isso. Aí eu fui, em cima da camionete (?), com o vento na cara, mesmo estando um pouco frio, observei atentamente a paisagem, cada detalhe do caminho que eu havia esquecido, o trigo, os morros, tudo. Cheguei lá, andei pelo pomar, fui pra meus cantinhos preferidos, ajudei a tia a pegar mexerica no pé (dá-lhe mimosa, curitibanos!), até andei de cavalo (ou a cavalo; ou no cavalo; que seja...). Ele se chama Negão. Muito original. Adivinha a cor dele... tá bem velhinho já coitado, mas deu conta. Fui no pé de canela. Já viram um pé de canela? Se você não pegar a folhinha e mastigar, nunca vai acreditar que é um pé de canela. Porque a aparência é de uma árvore muito comum, sem graça até eu diria... qual não foi minha surpresa a primeira vez que, seguindo o que vovó disse, mastiguei um pedacinho de folha e concluí que pé de canela existia de verdade. Agora é minha árvora preferida no mundo todo.
Aaaaai, querido leitor, imagino quão interessante você deve ter achado isso.
Deu uma loucura no Rafa e ele ressuscitou o blog dele, http://pirilampu.blogspot.com/. Tem o link ali do lado também, assim como os blogs dos meus amigos.
Eu sei que eu tinha mais alguma coisa pra colocar aqui, mas acho que esqueci. Então é isso.
Fiquem felizes, e não peguem a tal gripe. Aliás, não peguem coisa alguma.

Beeeeijo grande *